Início > Beleza, jaésextafeira !, unhas > Deixando o alicate de lado

Deixando o alicate de lado

Como já falei aqui antes, deixei de tirar as cutículas há algum tempo.

Essa decisão foi estimulada pela minha mãe, por ver as unhas mais lindas do mundo de uma blogueira que também não tira e por uma questão de lógica. Se no mundo, somos as únicas adeptas dessa prática, alguma coisa pode estar errada. Muitas tiram os cantinhos, dão uma limpada básica, mas essa onda de cavucação é bem brasileira mesmo. Aqui por exemplo, por uma questão de higiene e saúde tirar as cutículas como nós fazemos é proibido nos salões ingleses e para ser manicure tem que ter uma qualificação do National Occupational Standards (NOS) . Não sei dizer com firmeza como é tudo isso, mas pelo que li na net, e já ouvi de profissionais na área da beleza, realmente é preciso ter alguns cursos e certificados renovados de tempos em tempos.

E de uns tempos para cá sei que qualquer salão brasileiro anda cheio de cuidados com os materiais usados nas mãos e pés. Isso não é a toa, gente! Além de ser uma questão de saúde, notei o quanto machucava minha unha e cutícula, o quanto ela ficava com o aspecto seco e picotado alguns dias depois de feita. E outra,  já faço a própria unha ha muitos e muitos anos. Antes mesmo de vir para cá(quase 7 anos atrás) já fazia. Depois de Londres e seus preços absurdos então, nem se fala. E devo dizer que além de ser mais higiênico, demora muito menos. Com 20 minutos minha unha já está linda.Antes eu demorava 1:30. Mas lógico que isso não é de graça e exige certos cuidados!

Empurro o excesso de cutícula, e hidrato de maneiras diversas. Uso um hidratante próprio para cutículas, um redutor e a famosa canetinha. O redutor de cutículas veio do Brasil, e é da Avon. Simplesmente amo! Ele doma um pouco o excesso, e me ajudou principalmente logo que parei de tirar as cutículas. Mas não faz milagre nenhum,é algo gradativo e eu prefiro assim. Uso a noite pois acho que funciona melhor, assim como mamis que  concorda que faz mais efeito.Confesso que nem sempre me lembro de usar, mas quando uso faz a diferença.Para alguns dedos dos pés, que ficam um Deus nos acuda,uso um removedor. Não quero usar removedor nas mãos pois ele maltrata a pele e faz o contrário do que quero. Não machuca como o uso do alicate ao longo do tempo, mas também não é ideal e prefiro usar quando a coisa está feia mesmo, e só nos pés. O hidratante próprio uso todos os dias. Assim como o do rosto, do corpo, etc. Automático mesmo, já faz parte da rotina e fica dentro da bolsa, assim eu passo quando estou no trem, no trabalho, ou em qualquer outro lugar. Quando lembro de usar é só pegar na bolsa. E a canetinha, que também faz bem a unha em si, uso toda vez que troco de esmalte. Passo nas unhas e na pele, e deixo até absorver bem. Além do arsenal todo tem uma coisa que ajuda também, removedor de esmalte sem acetona. É uma frescurinha, um pouco mais caro que o normal mas nada de outro mundo. A acetona limpa com mais facilidade, mas também resseca a pele demais.

Mamis, que como já disse foi a incentivadora maior dessa onda sem alicate, também tem seus cuidados.Além do redutor da Avon, ela usa outras coisas.Vasenol, cera nutritiva para unhas e cutículas da Granado, bepantol(santo remédio para todos os males), luvas de silicone também da Avon, que eu sempre usei e amo,e hipogloss que de acordo com ela, usa  apenas uma vez: quando acabo tira esmalte e vai deixar um dia sem pintar,ela massageia e diz que ajudou a tirar manchas e amarelado da unha. Além de tudo isso, a dica dela é sempre usar luva para as pobres como eu que lavam louça. Eu nunca uso, confesso.

Kit de mamis

Meu kit

Enfim, são pequenas coisas que incluí no meu dia-a-dia e fizeram o aspecto(e provavelmente a saúde) da minha unha melhor. Eu recomendo pois o trabalho que dá é pouco pois tudo pode ser incorporado na rotina, faz bem, a melhora é visível e naquela hora de parar para fazer a unha o trabalho é bem menor. Por isso mesmo minhas unhas estão sempre feitas de uns tempos para cá. Antes me tomava tanto tempo que as vezes deixava sem fazer. Só tenho coisas boas para falar da minha nova prática e recomendo!

  1. Paula Gratz
    agosto 23, 2010 às 17:24

    Ei Lili, eu tb estou parando de fazer unha no salão, comecei a fazer eu mesma por pura preguiça de ficar sentada na manicure, ter q marcar hora certa, essas coisas. Mas agora que comecei a pegar a prática estou gostadno muito do resultado. Ainda tiro algumas cuticulas, mas muito pouco, o que tenho que aprender direito é a pintar com esmalte escuro e limpar os cantos, isso ainda está dando trabalho, acabo sempre estragando a unha, rsrsrs. Quanto ao pé ainda estou na fase de tirar cuticulas, mas sempre tiro muito menos que as manicures.

  2. Paula Gratz
    agosto 23, 2010 às 17:25

    Já estava esquecendo? O que é essa canetinha?

    • agosto 23, 2010 às 22:11

      É mais prático e barato fazer a própria unha! E essa canetinha é mais uma coisa para hidratar e ajudar no processo de abandono do alicate, aí no Brasil tem duas de marca diferente, vou arrumar os links e fazer o update aqui.
      bjs!

  3. fátima carneiro
    agosto 24, 2010 às 13:02

    Depois q te mandei essa foto Lili, meu kit recebeu mais um “integrante”: a canetinha hidratante UB Beauty, item essencial e indispensavel pra quem quer manter as cuticulas “domadas”, encontrei nesse link: http://unhabonita.com.br/, mas ela está a venda em BH, a minha foi Gabi q comprou. Agora estou empenhada em começar o processo nos pés, vamos ver se dá certo.
    mil bjs

    • agosto 24, 2010 às 21:23

      Vc poupou meu trabalho colocando o link aqui, obrigada.
      bjs mil!!!!!!!!

  4. agosto 24, 2010 às 21:22

    Parar de tirar as cutículas das mãos foi uma das melhores coisas que fiz. Além de econimizar já que fazia as unhas no salão, agora sinto que o aspecto delas está bem melhor.
    Só recorro ao alicate quando a cutícula acaba criando uma ‘pontinha’ nas laterais que acaba incomodando. Ainda não consegui abandonar o alicate nos pés.Não sei mas mesmo usando cremes o aspecto não fica tão bom quanto nas unhas e no final sempre sobra para o alicate. Talvez isso aconteça pq uso muito sapato fechado….
    Quanto ao uso de luvas de borracha foram a salvação e toda mulher devia usar, mesmo que lhe chamem de “Mãe do Dexter” quanto vc lava as louças =D.

    bjs!!!

    • agosto 24, 2010 às 21:27

      Grace, vc tb é adepta? Estou vendo que a onda está pegando então. Que bom, assim mais e mais produtos são lançados e só a gente ganha. Quanto às unhas dos pés, acho que o meu fica bom exatamente por não usar muita sandália. Talvez não me preocupe tanto com eles do que com as mãos pela pouca exposição tb, mas o meu fica bom e aguenta bem!
      bjs!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: