Início > Filosofia de botequim, Moda, Tendência > Nada se cria, tudo se copia. Mesmo.

Nada se cria, tudo se copia. Mesmo.

Inspiração/evolução

Cópia

Até tu, Givenchy?

A pergunta é uma só: no ano 2010, depois da classe dos anos 50, da loucura dos anos 60, das misturas dos anos 70, das cores dos anos 80, ainda é possível fazer algo totalmente inovador?

  1. fátima carneiro
    outubro 28, 2010 às 13:10

    Eles copiam descaradamente e chamam de “releitura”, “inspiração” e blá blá blá; as vezes eles recriam com outro nome, veja os Clogs, nos anos 70/80, tinham o nome de “babuche” e por ai vai…como diria o Lulu: “…assim caminha a humanidade…”
    mil bjs

  2. junho 24, 2011 às 19:31

    É verdade que tudo se cópia dá uma olhada no meu blog criei uma Série Relíquias http://meninadescalca.tumblr.com/ Bjus

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: