Archive

Archive for the ‘Programas londrinos’ Category

The sanctuary

setembro 3, 2011 2 comentários

Sim o blog voltou!

Prometo nao deixar mais quase 3 meses parado, mas tambem nao da para prometer frequencia nenhuma, coisas da vida. Tenho certeza que a bloguesfera entende, afinal de contas poucas sao privilegiadas de viver so para um blog. E cuidar da vida e de um espaco assim da um trabalhao!Enfim, voltei!!

E hoje vou compartilhar um dia maravilhoso que passei num Spa mais que  demais e melhor, bem no centro de Londres. No centro de Londres ha outros varios Spas, mas a maioria dentro de hoteis, e acho isso mais impessoal, sei la, num Spa Spa mesmo esta todo mundo naquela onda de sair da rotina maluca e relaxar, nao eh como num hotel. Sempre tive vontade de conhecer o The Sanctuary que e um Spa em Covent Garden , no super centro de Londres! Eu conheco(e amo) os produtos deles que vendem na Boots, mas ainda nao conhecia o local. E quando vi uma promo online nao pensei 2 vezes, comprei! Minha amiga que comprou comigo nao pode ir, entao fui sozinha. Mesmo assim foi maravilhoso. E um Spa so de mulheres, e por incrivel que pareca, e um lugar mega silencioso, rs! Acho que o fato de ser so para mulheres nos deixa mais a vontade , voce nao se preocupa com absolutamente nada, somente relaxar. O Spa tem uma piscina quente com um balanco(muito legal!), uma piscina exclusiva para quem quer se exercitar, uma jacuzzi, uma piscina com hidro(que nao eh o mesmo que a jacuzzi), 3 saunas, uma seca, uma a  vapor e uma com luz infra vermelha,varias salas de tratamento(que sao pagos por fora e sim, sao caros),e um lounge enorme com muitas camas, almofadas e sofas super confortaveis espalhados. Todo tipo de revista feminina a disposicao, e varias pessoas para te atender.Tem um restaurante bem bacana e um bar tambem. Eh o paraiso!!!rs! O unico ” tratamento” incluido eh o Sleep retreat que e um sala cheia de camas, voce fica meia hora la ouvindo uma gravacao falando coisas para te levar a um estagio de meditacao, a cama treme um pouco, e eh algo marvilhoso! Eh um sono relaxante que nao da para explicar, tem que experimentar. A sauna de infra tambem tem que reservar antes, e promete queimar 800 calorias! Eh quente demais, mas da para aguentar.Enfim, virei fa!O preco eh salgadinho sim, 71 libras para o dia todo, mas nao desanimem, de quarta a sexta de 5 pm a 10 pm eles cobram 48 libras. E vou contar, vale a pena sim! Mas acho que ficaria ainda melhor na companhia de uma amiga, regado a champagne, e com um almoco para arrematar. Fui num feriado e nao estava cheio, acredito que nunca fique lotado pois eles devem ter um limite, Ninguem vai a um Spa para se estressar disputando espaco com as outras pessoas, ne? Dezembro eh um mes que todo mundo ” se da” presente , quer relaxar, eh quase Natal o mes todo e acredito que deva ser um mes mais cheio nesse tipo de local, mas fora isso acho que deve ser bem tranquilo. Naturalmente nao da para tirar foto la dentro, mas peguei algumas da internet para voces verem.

Casamento real no ponto vista plebeu

maio 4, 2011 7 comentários

Ninguém aguenta mais ouvir falar de Royal Wedding, Bin Laden já morreu, o mundo já girou e a atrasada aqui só vai postar sobre isso hoje.

Mas acho que todo mundo tem que ver um pouco da farra plebéia!

Passei pelo centro(leia-se meio do fusuê) porque mesmo sendo feriado  eu trabalhei. E já que teria que sair de casa, por que não ver toda a fusaca de perto?

Apesar de ter acordado cedo, só sai de casa meia hora antes do casamento começar e quando cheguei perto de um dos pontos onde teoricamente daria para ver a realeza passar  todos os acessos já estavam fechados. Eu nem sabia que tinha como fechar tantos lugares públicos, mas a policia pensou em tudo milimetricamente. Pelo que conversei com os seguranças(aquela que faz amizade para conseguiur entrar,kkk) eles começaram a fechar tudo lá pelas 9am e as 10 am já não tinha como entrar por nenhum ponto . A verdade é que mesmo se tivesse chegado super cedo e ficado no meio da confusão que estava na parte fechada, eu não consegueria ver muita coisa. Quem assistiu pela tv(alguém no mundo não assitiu??) viu a quantidade de gente. O meu maior objetivo era ver a confusão, a alegria , a festa do povão mesmo. E foi super divertido! Parecia um carnaval!!! Muita gente fantasiada, muita criança , muita bandeira do Reino Unido, muita festa ,muitas exclamações. Acho que também pairava uma certa esperança descabida de sei la de quê tendo em vista que aquela festança toda foi bancada pelo povo. Mas parecia que tudo ia ficar bem,nada daria errado e quem era britânico estava cheio de orgulho. A polícia avisou que qualquer ser vivente que fosse pego protestando seria preso, independente do motivo do protesto. E para quem não sabe, o povo aqui adora levantar uma bandeira. Eu acho que foi muito certo, era um dia de celebração e ,acima de tudo, era uma festa com muita gente importante junta, algumas medidas rígidas tem que ser tomadas pela segurança dessas pessoas e do povo que participou também. Pelo mesmo motivo super apoiei essa barreira toda que eles fizeram impedindo que um número incontrolável de pessoas tivesse acesso a festa toda. E em alguns pontos tinha até detector de metal! Enfim, palmas para a segurança responsável pelo evento! Eu nem preciso dizer que achei tudo lindo, a noiva maravilhosa, o noivo também, até a Camila estava bonita! rs!Meu Deus , não é muito otimismo junto? A mosquinha da felicidade me picou assim como mordeu essa nação toda. Até os tablóides maldosos só tiveram elogios para o casamento, a alegria aqui nessa terra foi geral e contagiante.

Mas a minha novela foi enorme, e para resumir, desci na estação de Green Park, que é um dos parques por onde se chega ao Palácio mas já ninguém entrava e ninguém saía. Subi num murinho e vi que o parque parecia super vazio, mas acredito que quanto mais próximo ao palácio mais muvucado estava. Pelo tanto que estava aparentemente tranquilo, acho que a polícia agiu com muita prudência evitando a entrada de mais gente ainda. Em tempos de terrorismo não dá para bobear!

A multidão na saída da estação de Green Park

Na parte “de dentro ” do parque, onde ficou parte da multidão que conseguiu(ou tentou) ver alguma coisa do casamento de perto. Aparentemente tudo tranquilo.

Depois de ver que dali não sairia nada para mim, fui a Trafalgar Square, onde também já estava tudo fechado. E como já estava tarde, tudo lotado, resolvi ficar por ali e observar a festa do lado de fora mesmo.

Muita figura e muito patriotismo

Todo mundo faturando com o “britanismo” em exagero

Gente tentando ver o casal Real de todo jeito, valia até subir no ponto de ônibus!

Para vocês entenderem como tudo aconteceu, foi essa a barreira usada em várias partes da cidade para conter a mulditão de entrar nos acessos ao casamento.

Multidão , tentando estar , em Trafalgar Square e um telão láaaa no fundo

Mais tarde, na volta do trabalho para casa, o motorista de taxi teimou comigo que o casamento do Charles e da Diana foi na Abadia de Westminster e eu tinha certeza absoluta que foi na Catedral de St Paul. Ele apostou comigo e depois de uma googleada viu que estava errado. O preço foi dar uma volta danada para ver a London Eye de perto,  toda Britânica em homenagem ao casamento

Para fechar o dia patriótico!

Ernesto Neto

setembro 15, 2010 1 comentário

No último dia da exposição The edges of the world do artista plástico brasileiro fui lá conferir. A exposição também incluía a visita ao The New Décor. Valeu demais!

O Ernesto é um carioca já conhecido por suas instalações de tecido. Muita coisa interativa. Acho bacana quando a gente pode tocar, interagir, sentir a arte assim. Tenho dificuldade de entender a arte contemporânea. Um carro de papel, independente do sentido, não entra muito fácil na minha cabeça dura como arte. Mas coisas que eu sinto são tão fáceis de absorver. E coisas com início, meio e fim.Por isso eu amei ver essa exposição. Fez sentido. Ele coloca várias coisas do corpo humano. Coração, com um bumbo para quem quiser tocar dentro, uma mini biblioteca que seria o cérebro, o DNA, muitas coisas. E a pessoa anda, encosta, sente tudo. Achei o máximo. Muito legal também as instalações decorativas do The New Décor. Nesta parte foto não era permitida, mas não consigo esquecer uma espreguiçadeira feita toda de cinto, uma rede de correntes e uma cama escorregador/labirinto.

Eu gosto de prestigiar bons trabalhos. E quando é feito por um brasileiro tenho ainda mais prazer de ver de perto. E este trabalho foi desenvolvido  especialmente para o Festival Brazil que o South Bank Centre realizou. Neste mesmo Festival veio Maria Bethânia, Sócrates, Arnaldo Antunes, Projeto Morrinho, Os Mutantes e tanta coisa muito muito legal. Os restaurantes da região ofereciam pratos tipicamente brasileiros, os bares bebidas, um coisa linda de se ver. E mais lindo ainda ver a gringaiada toda participando. Porque não se enganem, a maioria dos  artistas brasileiros conhecidos (em especial cantores) vem fazer show  para brasileiros. E não vejo mal nenhum nisso, mas é bom quando não só o nosso povo prestigia, mas a coisa desperta o interesse em todos.

O South Bank Centre é demais! Muitas coisas bacanas acontecem por lá. Exposições, peças de teatro, shows. Muita coisa gratuita também. Um local que é bom ficar de olho quando se vem a Londres. Além de tudo, fica na beira do rio, tem vários restaurantes bacanas em volta, e sempre tem algo acontecendo por lá no verão. Uma feira de comida, ou de livros, ou de coisa usada.

Para saber mais sobre o South Bank Centre clique aqui.

Portobello road

agosto 2, 2010 11 comentários

Notting Hill (pelo amor, não é nothing como muita gente pensa) é um bairro super bacana e badalado de Londres.

Além de ser próximo ao Kensington gardens e Palace, tem uma feira todo sábado em Portobello road que movimenta muitos turistas para este lado da cidade.

A feira tem(ou tinha pelo menos) como foco principal as antiguidades. Portobello é um excelente local para compras para quem gosta de vestir coisa vintage, assim como para quem está atrás de artigos para casa.

Mas a feira é uma lotação. Imagina uma rua super apertada lotada de gente que quer tirar foto, comprar, comer, conversar e conhecer, tudo isso ao mesmo tempo. Loucura! Muitas barraquinhas de roupas com coisas repetidas, mas tem que ir. Tem coisas preciosas lá, principalmente antiguidades e coisas relacionadas. Portobello também é uma rua famosa por ter muitos cafés, e é o local ideal para ter um café da manhã tipicamente inglês. Bem no final da rua(que parece nunca acabar) tem vários cafés pequenos e charmosos. Escolha um e vá! Eu amo o S&M e recomendo! Não vá nessa de parar em Starsucks! Eu sei que muita gente ama, mas Starsucks é o Mcdonald’s  dos cafés,gente. Não tem glamour nenhum naquilo! Muito melhor escolher algo típico. Também tem o cogumelo recheado de lá, que é uma delícia e recebe o nome da rua. Merece ser provado!

Essa área é super rica em brechós. E muitos brechós de luxo! Qualquer dia posso falar sobre alguns especificamente, mas a dica geral é não deseprezar a aparência deles. Em quase todo brechó dessa área da para encontrar raridades da moda por preços bons. Marcas e mais marcas estão disponíveis, de Chanel à Sonia Rykiel. Tudo vintage! Vc paga mais barato e ainda pode sair tranquila que não vai encontrar ninguém na rua com a roupa igual.

Que fique claro o seguinte, o dia da feira é sábado, mas todo dia é dia para visitar essa rua(e região)!

Eu acho que Notting Hill representa uma tribo de Londres, mas não é bem o povo vintage beeeeemmm londrino, como a galera meio 80’s de Brick lane. O pessoal desta área é mais clássico, mais 40’s e 50’s. E eu adoro, mas me soa um pouco francês para Londres, o que não é nem um pouco ruim, só diferente. Eu recomendo!

West end

julho 14, 2010 4 comentários

Nesse dia fomos assistir ao espetáculo Tap dogs no West end, que é a Broadway londrina.

Apesar de ter a roupagem meio musical, o show não tem o formato de história, início meio e fim. É um show de sapateado com diferentes atos e muito barulho de percussão + bateria. E isso agradou meu maridinho músico, que dispensa as histórias baboseiras brodwayísticas e west endísitcas. De quebra ainda tem  o lindo do Adam Garcia  como dançarino principal.

Foi ótimo e muito barato, através do lastminute.com. 

O único ponto negativo foi que faltou um intervalo. O espetáculo é curto comparado com a maioria, mas por ser sapateado cansa um pouco 1:30 direto. Fora isso nota 10!

E vamos ao que interessa.

Um pé cortado, faz parte!

Blusa: Warehouse

Jaqueta: New Look

Saia: H&M

Sandália e anel: Primark

Bolsa: Modalu London

Colar de correntes: Fátima Carneiro acessórios

Lembra o que falei aqui, e que meu armário está cheio de coisa nova e rosa?

A saia é uma delas!

Tem outro look na manga com um oxford rosa claro fofíssimo!

Mini roteiro de Londres

junho 23, 2010 2 comentários

Tenho uma super dificuldade de resumir.

Gosto de falar, acho os detalhes todos imperdíveis. Então dentro do possível, vou fazer um mini roteiro das atrações mais importantes de Londres.

Não vou me aprofundar muito,  isso deixo para os guias, só vou colocar aqui o que acho mais bacana e fazer algumas considerações!

Vou separar os locais de acordo com a região.

London Bridge

Tower of London

City Hall

HMS Belfast

Tower of London

Tower Bridge

Shakespeare Globe

Tate Modern

St Paul’s Cathedral

Borough Market

Southwark Cathedral

Dá para fazer todos estes a pé, principalmente num dia lindo de sol. A Torre de Londres é um passeio muito bacana, e lá dentro você pode ver as jóias da rainha.

A Catedral de Southwark é de graça e bonita. Acho uma ótima pedida!

O HMS é um barco que foi usado na guerra e está muito bem conservado. Eu adorei, mas acho que os namorados/maridos ficam mais entusiasmados que nós num passeio desse!

O Shakespeare Globe é uma reprodução do Globe Theatre em Stratford upon avon, que é a cidade  natal de Shakespeare. É muito interessante, mas acho legal assitir a uma peça ao invés de visitar. Por míseras 5 libras dá para assisitir qualquer peça no melhor lugar, que é bem pertinho do palco. O porém é que nessa parte do teatro não tem cadeira, tem que assistir de pé, é uma parte que fica a céu aberto e os ingressos só são vendidos no dia. Mas vale a pena!

A Catedral de St Paul é maravilhosa e merece a visita. Foi lá que a Lady Di e o Charles se casaram. Tem uma parte que é de graça, bem na entrada, mas a visita paga vale super a pena, a catedral é imensa.

Borough Market é um mercado de comida, mas onde se encontra outros artigos também. Tem coisa de tudo quanto é lugar do mundo. Acho que vale a pena visitar, nem que seja para dar aquela desacelerada na andança turística e comer um queijinho francês(destaque para o comté que eles vendem lá!), um chocolatinho, uma fruta.

A Millenium Bridge liga o Tate Modern à Catedral de St Paul e tanto de um lado quanto do outro da ponte se tem uma vista imperdível. Ótima pausa para foto!

Mais uma região:
Piccadilly Circus & Leicester Square

Trafalgar Square

Westminster Abbey

Buckingham Palace

Big Ben & Houses of Parliament

West End(onde estão vários musicais, tipo a Broadway)

Covent Garden

O Palácio de Buckingham é a residência oficial da rainha da capital inglesa. É lá que acontece a famosa troca de guarda.

Para saber os horários da troca entre nesse site: http://www.changing-the-guard.com/chaging-the-guard-schedules-times.html

Westminster Abbey é linda por dentro e tb cobra pela visita, mas compensa.  Muita gente importante está enterrada lá.

Covent Garden é uma área super fofa e boa para compras em geral. Tem muitas lojas e um mercado com uma feirinha e vários artistas de rua se apresentando.

É gostoso para passear!

Por fim:

Portobello Market

Kensington Palace

Royal Albert Hall

Natural history museum

V &A museum

Harrods

O Mercado de Portobello é em Notting Hill, do filme com a Julia Roberts, lembra?

Lá é um local bem fashionista, embora a feira(que funciona aos sábados) seja especializada em antiguidades.

Em Portobello e arredores há ótimos brechós, inclusive os que só vendem vintage de grife. Vale a pena a visita!

Um destaque para o café da manhã inglês bem típico do S&M café em Portobello road. Super simples, mas dá até para ficar feliz com a comida inglesa lá.

http://www.qype.co.uk/place/93160-S-M-Cafe-London/photos/1294457

Royal Abert Hall tem uma arquitetura maravilhosa, por dentro e por fora. Se vc tiver sorte pode ter um show legal para ver lá, e vale a pena pois é lindo.

O palácio de Kensington era a residência da Lady Di. É um decepção por dentro, mas acho legal dar uma volta pelos jardins(enorme, é praticamente um parque) e tirar uma foto na frente.

Além dessas dicas, tem o museu de cera, que pode ser divertidíssimo!

O preço da entrada é meio salgadinho comparado com outras atrações, mas comprando ingresso conjunto com a roda gigante(London Eye) fica mais barato.

Além das feiras já citadas, acho imperdível passar erm Brick lane e Camden Town também num domingo. A primeira para entender a moda inglesa da melhor forma, nas ruas. E Camden porque tem que ir, é o tipo de lugar imperdível em Londres, A feira de domingo é ótima e lá tem uma ponta de estoque da Aldo, que é uma marca de sapatos ótima, seria a Arezzo inglesa.

Outra passeio bem bonito é ir a Greenwich de barco ou Litlle Venice também de barco.

É um resumão gente, mas acho que dá para o gasto!

E não se esqueçam que aqui tem um mini guia dos museus londrinos.

Encontro londrino

junho 21, 2010 16 comentários

Quinta passada fui ao encontro do Dia de beauté  da Vic Ceridono.

Foi muito bacana, gente!

Fomos num bar/restaurante turco ,o Fakhreldine em Piccadilly.

O lugar é bacana, mas não gostei muito do atendimento, apesar de ter adorado o houmus deles (que demorou UMA hora para chegar na mesa) mas lá não é o tipo de lugar que eu iria, Mayfair definitivamente não é minha área.

Eu sempre tenho um frio na barriga quando o ambiente é muito lado A ou muito lado B, pois eu sou uma pessoa lado B que se veste como lado A, entenderam? E de primeira tem sempre alguém que torce o nariz ,pensando que raios estou fazendo ali,hehehe.

Se nem eu sei a qual grupo pertenço de fato, imagina os outros. Mas o lado A me recebeu muito bem, hehehe.

E conheci meninas incríveis, foi muito bacana mesmo.

Tenho tantos amigos queridos que conheci através da internet, mas ainda não tinha experimentado o mundo dos blogs no mundo real.

Uma pena que o o mocinho que tirou a foto conseguiu mudar a configuração toda da máquina e nenhuma foto ficou boa.

Aqui e aqui tem algumas do dia, e só para variar eu sai péssima em todas,kkk.

A Vic(íntima,rs) é super simpática, nada afetada e tem a pele de porcelana mais porcelana que eu já vi.

Essa foi a foto menos pior, para vocês terem noção da situação que o turco deixou  minha câmera.

E as onças, hehehe:

Categorias:Programas londrinos